Freestyle ;)
“Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas pouco se interessa pelo que não lhe diz respeito, só mesmo agradecendo àqueles que percebem nossas descrenças, indecisões, suspeitas, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia conosco, insistindo.”
theme por heyidream, base por sorriso-forjado e detalhes por rhyth-m.

« 2 3 4 56 7 8 9 10 11 »

Há 1 mês · 252 notas · reblog
originally lovetheworldlife · via defeitualizar

Há 1 mês · 1.608.275 notas · reblog
originally 1oved · via amar-a-si-mesmo

Há 1 mês · 7.289 notas · reblog
originally waloqueiro · via defeitualizar
“Se eu parar de procurar, é porque não me importo mais.”

Há 1 mês · 1.393 notas · reblog
originally capacitadora · via antipoetico

Há 1 mês · 14.283 notas · reblog
originally escure · via consertado

Zayn Malik in 2013


Há 1 mês · 13.741 notas · reblog
originally gay4zayn · via frickinharrys

Há 1 mês · 7.152 notas · reblog
originally anselsinfinity · via happinessishardtofind

Há 1 mês · 606 notas · reblog
originally thisisthemakeupblog · via beautyaesthetic

Há 1 mês · 2.109 notas · reblog
originally rei-lucco · via livreemente

Há 1 mês · 160 notas · reblog
originally p-i-r-a-d-o · via livreemente

x


Há 1 mês · 3.262 notas · reblog
originally zaynharry · via okcliffrod

witty5sosurl:

irwinhat:

smashton-s:

STOP THAT RIGHT NOW HEMMINGS

His motherfucking arms, i’m out

is there an hq version of this, i want it as my phone wallpaper but i’m a spoiled child and want an hq version


Há 1 mês · 8.964 notas · reblog
originally smashton-s · via okcliffrod
louis taking his in-ear out to listen to the crowd during little things

Há 1 mês · 886 notas · reblog
originally someonesupportive · via itwasntfunny
“Aprendi que amores eternos podem acabar em uma noite, que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos, que o amor sozinho não tem a força que imaginei. Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno, que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos. Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram. Que o “nunca mais” nunca se cumpre, que o “para sempre” sempre acaba, que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso. Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo, que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo. Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido tudo.”

Há 1 mês · 8.115 notas · reblog
originally s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r · via inverbos
“Elas me enrritam, me batem, me xingam, me “odeia”, me deixa esperando, me liga para desabafar.. “passar o tempo” e até para fofocar, elas choram. elas riem, elas falam muito e quando fica quieta sai de perto. Elas não gostam de muito mimo (mais odeia ficar de lado.), elas não gostam de fofoca ( quando elas não sabem do que se trata. ), elas são ciumenta, estressadas, meigas, estilosas e indecisas. Porem.. Muito birrentas e dona da razão. Elas não me escondem nada, mais também exige o mesmo de mim, elas são medrosa (mais me passa toda a coragem do mundo.), Elas falam o que pensa, mais sabe como falar, elas são menina, mais quando é preciso ela se transforma no super-man, elas são engraçadas, cheiaas dos não me toque, elas nunca me deixou na mão, ela sempre esta do meu lado, elas me compreendem e eu não vivo sem elas,”

Há 2 meses · 2 notas · reblog